VUCA, O “U” da Incerteza!

Atualizado: 2 de Ago de 2019

O conceito de VUCA (Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade) teve origem com fins militares e, nesta e outras postagens, refiro-me à série explicativa produzida pela Harvard Business Review, tendo por autor o Coronel Eric G. Kail, oficial multipremiado do exército americano. Já expliquei o sentido da letra “V” (Volatilidade) e, agora, vamos explicar o que está associado à letra “U” que, em inglês, significa Incerteza (Uncertainty). O objetivo é transmitir ao leitor a origem da expressão VUCA para, em postagens posteriores, avançarmos em como hoje as empresas e as pessoas se aproveitam do conceito e conseguem se desenvolver no ambiente atual.


A Incerteza se tornará cada vez mais perigosa, se insistirmos em entendê-la a partir da confiança excessiva no que já experimentamos anteriormente. Como exemplo trágico, Eric Kail comenta sobre os ataques ao World Trade Center, em 11 de setembro de 2001. Uma análise exaustiva do tráfego de mensagens por celulares e por e-mails, entre líderes de organizações alojadas em ambas as torres, revelou que ao invés de fugir dos prédios muitos esperaram pacientemente pelos socorristas para serem conduzidos para a rua.


Esse plano de fuga foi criado a partir da revisão completa do bombardeio ocorrido em 1993, quando foi atacada uma das garagens do estacionamento no nível do porão. Na época, identificou-se a pressa desorganizada de deixar os edifícios como fonte de muitos ferimentos graves nas pessoas. Então, a recomendação foi a de construir um plano racional de evacuação, caso um ataque ocorresse novamente. E foi em 11 de setembro que as pessoas se deram conta de haver um ataque, assumido como similar ao de 1993.


Infelizmente, esta nova ocorrência era muito diferente e em nada parecida com aquela solução previamente concebida. Independentemente de quão racional fosse, a solução determinada às pessoas mostrou-se terrível, pois todos tinham a sensação de haver mais tempo para o socorro do que realmente se dispunha. Enfim, é da natureza humana tentar enquadrar cada desafio como algo semelhante ao que encontramos antes. É assim que o cérebro funciona e, se tivéssemos que sempre avaliar cada situação como nova, não seríamos tão eficientes quanto precisamos ser.


Leia o artigo completo em: http://www.cloudcoaching.com.br/vuca-o-u-da-incerteza/post#.XPlqSRZKjIU


#coaching #vuca #dimensõesdesucesso #mentoria #consultoria #sucesso

1 comentário

Foco em competências e resultados

  • Canal Dimensões de Sucesso
  • Instagram Dimensões de Sucesso
  • Face Dimensões de Sucesso
  • Dimensões de Sucesso Linkedin
  • Twitter Dimensões de Sucesso

Rua do Russel 807/4ºa – Glória

Rio de Janeiro - RJ CEP: 22210-010

(para correspondências, enviar aos cuidados à MDM Assessoria em Negócios)

© 2019 por Dimensões de Sucesso

Portal administrado por MDM Assessoria em Negócios - CNPJ 04.503.806/0001-53